A sociedade está cada vez mais imersa em tecnologia. Assistentes virtuais e robôs comandados por voz não são mais uma fantasia futurista, mas sim uma realidade. Tal cenário traz à tona a necessidade de administradoras de condomínio voltarem seus olhos à nova moradia emergente: o condomínio digital.
Dessa forma, aliar a tecnologia aos empreendimentos residenciais é algo inquestionável para alcançar o sucesso. Por esse motivo, de forma a oferecer aos nossos clientes as melhores soluções, o conceito de Condomínio Digital precisa necessariamente ser parte da realidade das administradoras de condomínios.
Pensando nisso, devemos entender o que é um condomínio digital, como ele influencia sua administradora e quais as vantagens que ele oferece.

Conceito de Condomínio Digital

Condomínios digitais ou inteligentes são aqueles que possuem alto nível de tecnologia envolvida em seus processos, visando a melhor interação de todos os elementos que os fazem funcionar. Mas, para ser inteligente não basta apenas ter tecnologias, elas também devem ser capazes de integrar umas às outras. Isto é, as ferramentas devem comunicar entre si, por exemplo, um sistema de controle de acesso que pode ser controlado por um aplicativo. Quanto mais conectado os processos forem entre si, menores serão os gastos e esforços para executá-los.

Quais as tecnologias envolvidas?

Os condominios inteligentes são construídos pensando na segurança dos moradores ou dos funcionários e com o intuito de oferecer mais facilidade e praticidade para a rotina de todos. Desta forma, alguns recursos tecnológicos são aplicados:

  • Controle de acesso biométrico
  • Interfonia com tecnologia IP
  • Internet de alta capacidade
  • Videomonitoramento IP
  • Cancela Eletrônica